Roberto Mangabeira Unger

Artigos e Entrevistas

Divide-se esta seção do site em três partes.

A primeira parte reúne artigos escritos entre 2001 e junho de 2007, quando assumi a pasta das Ações de Longo Prazo. Quase todos os artigos representam fragmentos de uma proposta para o Brasil, informada por uma concepção dos constrangimentos e das oportunidades com que a obra transformadora haverá de lidar.

Chamo atenção para três artigos que têm como tema certas inspirações que motivam tanto meu pensamento a respeito do Brasil como minha ação pública no País. Grandeza do Brasil inicia a série. Quixote e A Força e O Que Falta estão disponibilizados em separado.

A segunda parte contém artigos escritos durante minha participação no governo ou depois dela. Estes textos já refletem engajamento em tentativas concretas para dar, a partir do governo e da definição de um projeto de Estado, passos na reorientação do país. Oito Opções Que Definem um Rumo para o Brasil foi escrito na antevéspera da campanha presidencial de 2010.

A terceira parte representa uma seleta de entrevistas concedidas a partir de junho de 2007.

  1. Artigos antes de junho de 2007
  2. Artigos depois de junho de 2007
  3. Artigos em 2014 e 2015
  4. Entrevistas

1. Artigos antes de junho de 2007

O agente diante do mundo (dois artigos de 1998)

Uma antiga e nova polêmica partidária e programática

Depois do Colonialismo Mental - O Brasil no Século XXI

  1. A política brasileira e seus agentes
  2. O desenvolvimento econômico e sua reorientação
  3. A capacitação dos brasileiros
  4. As instituições e sua reconstrução
  5. O Brasil no mundo
  6. A transformação da experiência: idéias, atitudes, emoções.

Em São Paulo

Outros Artigos


2. Artigos depois de junho de 2007

3. Artigos em 2014 e 2015

4. Entrevistas

As primeiras duas entrevistas retratam o mesmo momento da vida brasileira: a passagem do primeiro para o segundo mandato presidencial de Fernando Henrique Cardoso, logo antes do colapso do regime cambial. Revelam as preocupações políticas, econômicas e existenciais que me inspiram em meu esforço de proposta. A terceira entrevista foi publicada em 14 de agosto de 2002, no ponto alto da campanha de Ciro Gomes como candidato à presidência da república. A quarta entrevista foi publicada em 16 de março de 2003, quando me vi mais uma vez na oposição a um governo que se rendera, e que rendera o país, em nome da prudência e em homenagem à fatalidade.

O pensador da esperança. [Janeiro, 1999] Revista Caros Amigos. Entrevista concedida a Jose Arbex Jr, Nicodemus Pessoa, Leo Gilson Ribeiro.

O alvo é a produção. [14 de agosto, 2002] Brasília: Revista Carta Capital. Entrevista concedida a Bob Fernande

Malan e Ruth são os deuses de Lula’, diz Unger. [16 de março, 2003] Revista da Folha de São Paulo. p A16. Entrevista concedida a Fernando Silva

O Globo [16 de janeiro, 2008]

'Pouco durmo. Por mim, não haveria noite.' [20 de janeiro, 2008]. Manaus, O Globo. Entrevista concedida a Allan Gripp

A Amazônia de Mangabeira. [28 de janeiro, 2008]. Brasília, Correio Braziliense. Entrevista concedida a Leonel Rocha

'Desenvolvimento sustentável é abstração.' [15 de junho, 2008]. Brasília, O Estado de São Paulo. Entrevista concedida a Laura Greenhalgh

O Brasil e os EUA. Folha de São Paulo, São Paulo. Opnião. [04 de novembro, 2008]

O descalabro e a saída. [23 de dezembro, 2008] Brasília: Revista Carta Capital. Entrevista concedida a Bob Fernandes.

Un progresista es uns conspirador contra el destino [01 de maio, 2010] (Prodavinci Venezuela)

La rebeldía sin proyecto fracasa [09 de maio, 2010] (Prodavinci Venezuela)

Alternativa sul-americana, alternative agrícola, alternativa colombiana [25 de outubro, 2013] (Palestra pronunciada em Pereira, Columbia)

A eleição municipal e a eleição futura. Folha de São Paulo, São Paulo. [5 de novembro, 2016]